17 de mai de 2011

Jovem, eu te digo, levanta-te!

Este é o convite feito por Jesus ao filho da viúva de Naim em Lc 7,11-17, “jovem, eu te digo, levanta-te”, hoje esse convite é feito para você jovem. Você que está morto por seus pecados, Jesus te ordena levanta-te. Você que está morto pela vergonha de ser cristão, Jesus te ordena, Jovem, levanta-te!

Meu amigo jovem, Jesus foi crucificado em teu favor, ele não tinha pecado. Não se envergonhe de dizer que você é cristão católico, não se envergonhe de carregar no peito a cruz de Cristo, não se envergonhe de participar da Missa, não se envergonhe de participar de um Grupo de Jovens. Ele, não se envergonhou da cruz, pois foi ela que trouxe a salvação para o mundo. Não era um homem qualquer que padecia, era o Deus encarnado. Não era um simples homem quem por nós morria, era o Filho de Deus feito homem.

Dessa forma, não se envergonhe da cruz de Cristo. Muito pelo contrário, dela tiramos a Glória. A Lumen Gentiun – Constituição Dogmática sobre a Igreja, do Concílio Vaticano II, promulgada no dia 21/11/1964 – no seu quinto capítulo coloca o convite, mais, o apelo a Vocação Universal à Santidade. Todos são chamados, mais, convocados a ser santos: “Sede, portanto, perfeitos como vosso Pai celeste é perfeito” (Mt 5,48).

Jovem, meu irmão, esse é o convite. Seja santo, levanta-te do pecado, deixa de lado a vergonha de ser de Jesus. Ele foi crucificado por você. Retribua esse ato de amor em gratidão e serviço aos irmãos, em testemunho. Tenha a certeza Ele te ama.

Padre Rudinei Zorzo - Membro da equipe sacerdotal da Paróquia Santa Fé em Caxias do Sul e Orientador Espiritual do Grupo Filhos do Céu - Artigo publicado na Revista Anuncia-me de São Paulo

Nenhum comentário:

Postar um comentário