16 de mai de 2011

DEUS POR UM DIA!

Outro dia, em uma das minhas crises de insônia, fiquei pensando no meu relacionamento com Deus e na forma como Ele age na minha vida. Então, em um momento de criatividade, coloquei-me no lugar de Deus e imaginei como seria.

Vou confessar que a experiência não foi muito boa!

Percebi que seria rotulado como um "deus mau" por não atender os pedidos das pessoas; ou que estaria castigando o mundo por causa dos terremotos e tsunamis; ou seria responsabilizado pela morte de pessoas inocentes; ou duvidariam até mesmo da minha existência. Senti uma tristeza ao ver que as pessoas só lembrariam de mim quando precisassem, ou nem agradeceriam quando eu tivesse atendido os seus pedidos. A dor aumentou quando pensei que muitos me acusariam por tudo ter dado errado em suas vidas; ou nem lembrariam de mim quando tudo desse certo.

Resolvi voltar a ser o Rafael. Era muito complicado ser Deus... E outra vez fiquei triste! Lembrei que muitas vezes condenei Deus pelos meus fracassos, mas não lembrei Dele nos meus sucessos. Condenei Deus por não ter atendido os meus pedidos, mas esqueci de agradecer quando Ele me atendeu. Questionei a morte de pessoas queridas e os fenômenos naturais que mataram milhares de pessoas, mas não confiei nos desígnios de Deus. Enfim, lembrei das vezes que simplesmente coloquei Deus de lado na minha vida.

Então, com dor no coração, percebi o meu egoísmo e pequenez!

Hoje estou mudando a minha postura. Estou mais atento aos pedidos que Deus me faz. Quero deixar os meus sonhos de lado, para que Deus sonhe em mim.

E você? Já pensou em ser Deus por um dia? Está atento aos pedidos que Deus te faz?

Pense nisso!

Rafael Sgarioni Vargas - Grupo Filhos do Céu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário