8 de jun de 2011

São Rafael Arnáiz - Um Santo Jovem

Numa família da alta sociedade e profundamente religiosa, nascia, em Burgos, Rafael Arnáiz, no dia 9 de Abril de 1911 – este ano celebra-se o centenário do seu nascimento. Enquanto estudava num colégio dos jesuítas adoeceu com febres altas, pelo que teve de interromper os seus estudos. Depois da sua recuperação, o seu pai agradeceu à Virgem e levou-o a Zaragoza e consagrou-o à Virgen del Pilar.

Mais tarde mudou-se para Madrid onde se matriculou na Escola Superior de Arquitectura. Apesar da intensidade do ritmo de estudos, arranjava sempre tempo para ir rezar à capela de Caballero de Gracia e participava nos turnos de oração nocturna.

Na capital espanhola esteve em contato com um mosteiro cisterciense da Ordem dos Trapistas, San Isidro de Dueñas (Palencia), lugar que o atraiu notavelmente, e no qual acabou por ingressar após sentir o chamamento de Deus em 1934. Adoeceu, contraindo diabetes, o que o fez abandonar três vezes o mosteiro, mas em todas as ocasiões regressou porque sabia que Deus o ajudaria e não o deixaria só.

Até nos momentos mais difíceis e trágicos da sua vida conseguiu ter o sentido de humor que o caracterizava. Para este santo, o amor ao Pai era tudo e assegurava que “do amor de Deus tudo provém”. As suas últimas palavras antes de morrer foram “toma-me e dá-Te ao mundo”.

Sempre fiel à sua vida monástica, morreu na madrugada de 26 de Abril de 1934, quando tinha apenas 27 anos. Foi beatificado em 27 de Setembro de 1992 e canonizado em 11 de Outubro de 2009 pelo Papa Bento XVI. A sua festa celebra-se no dia 26 de Abril.

Nenhum comentário:

Postar um comentário