27 de fev de 2012

Jesus nos mostra que a verdadeira religião não é aquela que é marcada por ritualismos e 

cumprimento de preceitos meramente espirituais, afinal de contas ele não nos 

perguntará no dia do julgamento final se nós procuramos cumprir os preceitos religiosos, mas 

sim se fomos capazes de viver concretamente o amor. É claro que a religiosidade tem sentido, 

principalmente porque é através do relacionamento com Deus que recebemos as graças que 

nos são necessárias para a vivência concreta do amor, mas a religiosidade sozinha, 

desvinculada da prática do amor, é causa de condenação e não de salvação.

Padre Rudinei Zorzo - Orientador Espiritual do Grupo Filhos do Céu

Nenhum comentário:

Postar um comentário